Weby shortcut

A experimentação no ensino de química no âmbito da inclusão

Atualizado em 12/07/17 16:51.

A experimentação no ensino de química no âmbito da inclusão: o uso de tecnologia assistiva.

A formação de professores proposta nas universidades brasileiras não ofertam disciplinas que discutem inclusão, entretanto ao se deparar com a realidade escolar, o licenciado precisa de alguns aspectos formativos que o possibilite trabalhar com as adversidades presentes na escola e atender a todos os alunos a considerar suas especificidades. A presente temática tem como objetivo dar subsídios e alternativas para o futuro professor trabalhar de forma inclusiva na sala de aula. Demonstraremos na pratica as dificuldades encontradas pelos alunos com deficiência bem como os conhecimentos necessários na formação do professor para atendê-los e discutiremos a temática em três momentos: realização de experimentos, exposição teórica com discussão oral e apresentação de materiais de tecnologia assistiva.

 

 

Projetos de pesquisa

 

Design de Tecnologia Assistiva para a experimentação no Ensino de Ciências: contribuições para a formação e ação docente

Desenvolver equipamentos e materiais para experimentos que possibilitem aos futuros professores se apropriarem de conhecimentos necessários para sua formação no âmbito da inclusão escolar e, consequentemente, reflitam nas suas ações contribuindo para o desenvolvimento de metodologias de ensino variadas e factíveis envolvendo a participação efetiva de todos os alunos, incluindo aqueles com necessidades educativas especiais, no processo de ensino de Ciências.

 

Formação docente para o Atendimento Educacional Especializado: o desenvolvimento de Tecnologia Assistiva para a experimentação no ensino de ciências

A proposta é desenvolver experimentos com o auxílio da tecnologia assistiva que possibilitem aos futuros professores se apropriarem de conhecimentos necessários para sua formação no âmbito da inclusão escolar e, consequentemente, reflitam nas suas ações contribuindo para o desenvolvimento de metodologias de ensino variadas e factíveis envolvendo a participação efetiva de todos os alunos, incluindo aqueles com necessidade educativas especiais, no processo de ensino de Ciências.

 

Utilização da web 2.0 como ferramenta da ação mediada: fundamentos para a formação pela pesquisa e pressupostos para a formação cidadã

O intuito deste projeto é de fomentar coletivamente pesquisas em questões pertinentes à formação do professor relacionadas aos diferentes enfoques da utilização das TIC?s como ferramenta da ação mediada do ensino de ciências e contribuir para a formação cidadã dos alunos das instituições de educação básicas ou de apoio envolvidas (para alunos em situação de deficiência), movimento este que já acontece de forma presencial por meio da Rede Goiana Interdisciplinar de Pesquisa em Educação Especial e Inclusiva na forma de aulas de apoio, de semi-regência e regência em atendimento ao estágio supervisionado, para o desenvolvimento de pesquisas ou como contribuição social. Intencionamos o estabelecimento do processo interacional, em ambientes presencial e virtual, buscando a reflexão da prática pedagógica como princípio articulador privilegiando a formação do professor (de todos os níveis de ensino) na reflexão de sua própria ação no âmbito da educação científica, tecnológica e ação social.

Listar Todas Voltar